14/10/2011 às 14h01min - Atualizada em 10/06/2017 às 14h01min

Câmara intervém pelo Bairro Córrego São Miguel junto ao DER

A Câmara Municipal de Rio Piracicaba, sempre atuando em defesa dos direitos dos cidadãos piracicabenses, promoveu uma reunião no dia 07 de outubro - a segunda em um ano - na qual participaram o vereador Izoel Alves Sobrinho - atual presidente da Casa - e o Engenheiro Nívio Pinto de Lima - Coordenador Regional do D.E.R situada em Coronel Fabriciano/MG -, visando obter retorno sobre a instalação de redutores de velocidade na MG - 123, que liga a BR 381 ao município de Rio Piracicaba, passando pela comunidade do bairro Córrego São Miguel. 
Tal reivindicação é antiga - desde que se fez a pavimentação da via -, e, até hoje, a falta dos redutores de velocidade causa transtornos àquela comunidade e aos transeuntes que utilizam a via. 
Dados obtidos junto à Polícia Militar comprovam aproximadamente 50 acidentes envolvendo veículos e pedestres no período de 2008 a 2011, e, dentre estes, cinco foram fatais.
A comunidade fez um abaixo assinado e o enviou para a Câmara Municipal, no qual pede o apoio dos vereadores para solução do problema, mas apesar dos ofícios enviados pela Câmara ao D.E.R, até o momento nada foi feito.
Diante da demora, a Casa enviou, mais uma vez, seu representante, no intuito de cobrar explicações a fim de também poder dar satisfação àquela comunidade.
Sem dinheiro
O engenheiro Nívio Lima mostrou ao Presidente da Casa correspondências e cobranças feitas pela sua Superintendência à Diretoria Central do D.E.R., e disse que não houve liberação da obra, sob alegação de falta de recursos financeiros desde o mês de agosto/2011. O engenheiro Nívio classificou a situação piracicabense como prioritária, mas disse que teria mesmo que esperar, pois além desta obra, outras também aguardam recursos para serem realizadas.
Justiça
Diante dos fatos, a Câmara Municipal irá intervir pela comunidade, reunindo toda documentação deste processo (abaixo assinado da comunidade, ofícios enviados ao DER, ocorrências policiais e reportagens dos jornais) para dar entrada com pedido de intervenção do Ministério Público.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar
(caracteres restantes: 500)